AUTO ELETRICA MARACAJU 20
Maracaju 100 ANOS

McLaren anuncia homenagem a Senna e corre GP de Mônaco com carro ''brasileiro''.

Em homenagem a 'Rei de Mônaco' Ayrton Senna, McLaren disputa prova do Principado com pintura especial nas cores da bandeira do Brasil

Por Pedro Henrique Marum - Rio de Janeiro em 25/05/2024 às 21:47:21

McLaren tem uma nova pintura especial. A equipe inglesa anunciou, na manhã desta terça-feira (21), que terá uma cara nova para o GP de Mônaco do próximo fim de semana. Mais que isso: uma cara brasileira. Por homenagem a Ayrton Senna, equipe terá um carro com as cores da bandeira do Brasil.

O carro terá o amarelo como cor principal, enquanto o verde aparece sobretudo na parte traseira do bólido que vem numa crescente no campeonato: venceu o GP de Miami duas semanas atrás e chegou na segunda colocação em Ímola.

"Pelo Rei de Mônaco", disse a equipe em postagem nas redes sociais. "Estamos orgulhosos de pilotar em sua homenagem e com suas cores no GP de Mônaco", finalizou.

A equipe tem orgulho de reconhecer e celebrar a vida extraordinária e o legado de Ayrton Senna através desta pintura. Senna continua reverenciado e respeitado como o maior ícone da Fórmula 1 e o piloto mais condecorado da McLaren. Seu impacto na McLaren é enorme, não apenas através de seu histórico de corrida, mas também de sua presença dentro da equipe. Por isso, é uma honra correr no circuito em que ele teve mais sucesso utilizando as cores verde, amarelo e azul", afirmou Zak Brown, diretor-executivo da equipe inglesa.

"É uma honra homenagear Ayrton através destas pinturas em colaboração com a McLaren Racing e a McLaren Automotive", disse a sobrinha de Ayrton, Bianca Senna. "É uma forma fantástica de celebrar a sua vida e legado através das suas cores icônicas em ambos os carros. A McLaren significou muito para ele e juntos alcançaram muito sucesso, muitos dos quais ele ainda é lembrado por tanta gente hoje. Será especial ver a McLaren correr com essas cores pelas ruas de Mônaco, circuito que lhe rendeu tantas alegrias e muitos triunfos", encerrou.

Senna venceu a corrida monegasca em seis oportunidades. A primeira veio com a Lotus, em 1987, enquanto as cinco seguintes foram conquistadas de maneira sequencial já pelas cores da McLaren, entre 1989 e 1993. Até hoje, Senna é de maneira isolada o maior vencedor do evento quase centenário.

Com o aniversário dos 30 anos do acidente fatal de Ayrton, em 1994, este mês de maio foi recheado de homenagens ao tricampeão. Na corrida da semana passada, em Ímola, marcada como local do acidente de Senna, os tributos foram vários, desde uma cerimônia que envolveu todos os pilotos, passando pelo capacete verde e amarelo de Pierre Gasly, até as voltas de Sebastian Vettel na pista com o McLaren de 1993 e as bandeiras de Brasil e Áustria empunhadas para celebrar a memória de Senna e Roland Ratzenberger, morto no mesmo fim de semana.

A Fórmula 1 volta de 24 a 26 de maio justamente com tradicional GP de Mônaco, oitava etapa da temporada 2024, nas ruas de Monte Carlo.


Fonte: Grande Prêmio

Comunicar erro
Espetinho do Cowboy
Maracaju 100 ANOS 2

Comentários

nino
Maracaju 100 ANOS 3